Plano de saúde empresarial
Quero contratar um plano de saúde empresarial. O que fazer? Como fazer?
09/05/2017
Exibir tudo

O que você precisa saber antes de contratar um plano de saúde

Planos de saúde

Passo 1 – Escolha uma Corretora de Planos de saúde em São Paulo

.

Para contratar um plano de saúde em SP é fundamental a intermediação de uma corretora de planos de saúde. As operadoras não contratam de forma direta. Por isso é importante escolher uma corretora especialista em planos de saúde, pois esse profissional irá auxiliar na escolha do plano ideal para você.

Passo 2 – Quais tipos de planos de saúde posso contratar?

Parece óbvio, mas não é. São três tipos de contrações possíveis:

  • Individual ou familiar – o contrato é entre você e a operadora.
  • Coletivo por adesão - o contrato é entre sua associação profissional ou sindicato através de uma administradora de planos de saúde, Qualicorp e All Care são as mais conhecidas e a operadora de saúde.
  • Coletivo Empresarial – o contrato é entre a empresa (CNPJ, CEI, MEI) e a operadora de saúde.
  • Dica: Se você tem CNPJ, CEI ou MEI, que é o cadastro do microempreendedor individual, a partir de 2 vidas, você poderá contratar planos de saúde empresariais, os valores desses planos de saúde são menores e as maiores operadoras estão disponíveis para contratação.

    As maiores operadoras e seguradoras de planos de saúde (Amil, Notre Dame Intermédica, Sulmérica Seguro Saúde, Bradesco Seguro Saúde, Unimed Fesp, Unimed Nacional, Sompo Seguro Saúde entre outras infelizmente não fazem contratos individuais ou familiares, pois a ANS possui regras mais rígidas para essa modalidade e as operadoras justificam que esses contratos têm alto índice de sinistralidade (receita com o pagamento dos planos de saúde X despesas com a rede credenciada, hospitais, médicos…). Assim elas só aceitam os contratos coletivos por adesão ou coletivos empresariais onde a sinistralidade se apresenta menor pelo número maior de participantes do plano de saúde em SP. Depois vamos explicar detalhadamente esses contratos para melhor entendimento. Mas como já mencionamos no início uma corretora especialista em planos de saúde vai esclarecer todos os detalhes para você.

    Passo 3 – Quais são as minhas necessidades nesse plano de saúde em SP ?

    Essa é uma pergunta fundamental para definir os planos de saúde ideais para você, sua família ou empresa. Alguns aspectos e necessidades devem ser questionados antes de escolher o plano de saúde em SP:

    Qual a abrangências do plano de saúde em SP?

    Os planos de saúde podem ser regionais ou nacionais, isso pode diminuir ou aumentar o custo dos planos de saúde. Se as pessoas que vão contrataram um plano, e o utiliza dentro do município ou fora dele é fator decisivo para a escolha de um plano de saúde em SPcom atendimento regionalizado ou atendimento nacional.

    Quais tipos de acomodações do plano de saúde em SP?

    Em caso de internação, os planos de saúde oferecem acomodações coletivas (enfermaria) e acomodações privativas (apartamento). O valor da acomodação enfermaria é menor do que a acomodação apartamento. E você deve levar em conta que internações são relativamente muito eventuais.

    Planos de saúde com ou sem coparticipação?

    Ainda pouco divulgada a coparticipação é a modalidade de contratação em que o beneficiário absorve parte dos custos da rede credenciada, quando este a utiliza.

    Exemplo: O beneficiário utilizou o P.S uma vez no mês e o plano de saúde em SPdele é com coparticipação e a operadora determinou em contrato que a taxa de copartipação para este serviço seria de R$ 30,00. Neste exemplo suponhamos que o valor do plano de saúde em SPseja R$ 250,00 mensais, somando a taxa de contratação, o beneficiário irá pagar no mês subsequente R$ 280,00 reais. Aí você pensa: o que eu ganho com isso? Redução do valor do plano de saúde em SP em relação ao mesmo plano sem coparticipação. Vamos explicar:

    Se esse mesmo beneficiário tivesse escolhido o plano sem coparticipação ele pagaria um valor maior que R$ 250,00 (os valores variam em cada operadora) percentualmente falando gira em torno de 5% chegando em algumas operadoras até 30% de desconto. Por isso vale a pena analisar a sua frequência de utilização do plano. Se é uma pessoa sem doenças crônicas que utiliza pouco o plano, a econômica anual pode ser significativa.

    P.S: Os valores mencionados acima são fictícios, é necessário um estudo dos planos de saúde para fornecimento de valores reais.

    Planos de Saúde somente hospitalar, com ou sem obstetrícia?

    Os planos de saúde além da abrangência, tipo de acomodação, com ou sem coparticipação, também podem ter atendimentos específicos como somente atendimento hospitalar com ou sem obstetrícia (Parto).

    Os planos de saúde com atendimento exclusivamente hospitalar, o beneficiário terá direito as internações resultantes de cirurgias eletivas (programadas) ou de urgência e emergência (ocorrências inesperadas como acidentes graves que levem a procedimentos médicos que necessitem de internações).

    Se for com obstetrícia a beneficiária terá direito ao parto pelo plano de saúde em SP.

    Não terá direito a consultas ambulatoriais (médicos especialistas) exames laboratoriais de rotina, somente nos casos de cirurgias eletivas ou de urgência.

    Planos de Saúde com rede Hospitalar, ambulatorial e com obstetrícia?

    Essa é a cobertura mais completa, o beneficiário terá direito pelo plano de saúde em SP contratado a realizar consultas ambulatoriais, utilizar os serviços de urgência e emergência de Prontos Socorros para qualquer evento, exames laboratoriais e inclusive parto no caso de beneficiário do sexo feminino.

    O que são Carências?

    Carências são os prazos previstos nos contratos de planos de saúde que os beneficiários terão que esperar para realizar os procedimentos de consultas médicas, exames laboratoriais e internações hospitalares. Muitas pessoas contratam os planos de saúde sem saber as carências do seu contrato. Isso pode gerar um desgaste e um risco que podem ser evitados

    .

    Quais carências que terei que cumprir?

    Se você não possuía nenhum plano de saúde em em SP até essa contratação, terá que cumprir a carência contratual sem redução de carências. Cada operadora e seguradora de planos de saúde possuem uma tabela onde constam os prazos para utilização, você deve solicitar essa tabela para avaliar se os prazos atendem suas expectativas.

    A ANS – Agencia Nacional de Saúde que regula o setor, determina algumas regras para as carências: Urgência e Emergência deve ter o prazo de 24 horas a contar da vigência do contrato independente se o beneficiário tinha ou não plano anterior.

    Os planos de saúde com número de beneficiários a partir de 30 vidas também a ANS determina que a carência será zero para todos os procedimentos, inclusive Parto e Portadores de doenças preexistentes. Nos contratos abaixo de 30 vidas a ANS regular que a carência máxima para Parto será de 300 dias e para Portadores de doenças preexistentes 24 meses.

    Se você tinha plano de saúde em SP anterior à essa contratação e está desligado dele no máximo 60 dias, terá direito à redução de carências de acordo com a operadora ou seguradora de planos de saúde.

    Passo 4 – Documentação e Assinatura do Contrato dos Planos de saúde

    Já escolhi o plano de saúde em SP qual o próximo passo?

    Vale ressaltar que dependendo do tipo do plano de saúde em SP escolhido (individual, coletivo por adesão ou coletivo empresarial), cada um terá uma documentação especifica.

    Depois que a corretora de planos de saúde verificar toda a documentação e estiver tudo ok, você poderá assinar o contrato onde terá todas as informações da sua contratação: início de vigência, abrangência, acomodação e valor. Após assinatura, em alguns dias você receberá a carteirinha do seu plano de saúde em SP para começar a utilizar os benefícios contratados.

    Fica a dica: Acompanhe nossa Fanpage e nossos Posts, sempre estaremos trazendo informações sobre planos de saúde para vocês. >

    1 Comentário

    1. Francisco disse:

      Texto muito esclarecedor, muito útil para quem está procurando um plano de saúde, pois, realmente não é uma tarefa muito simples, portanto, é muito importante uma consultoria especializada para esclarecer todas essas nomenclaturas e diferenças entre cada modalidade de planos de saúde.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *